Buscar
  • lucas03975

FH - CENÁRIO ECONÔMICO (mai/2021):


FH - CENÁRIO ECONÔMICO (mai/2021):


O mês de maio foi extremamente positivo para os ativos locais, em especial na renda variável. A expectativa de retomada da atividade econômica e bom desempenho das bolsas globais foram fundamentais para o bom humor do mercado e maior apetite ao risco pelos investidores. A projeção do PIB do ano de 2021 também se elevou, com grandes bancos projetando entre 5 a 5,5% de crescimento para o país.

Permanecemos com visão levemente favorável à bolsa, diante do otimismo com o processo de vacinação e a alta liquidez nos mercados internacionais. Segundo dados da B3, os investidores estrangeiros ingressaram liquidamente na bolsa no mês de maio com R$ 12,2 bilhões ajudando a alta do Ibovespa em mais de 6% no mês! Estão no radar dos investidores as empresas que foram bastante afetadas pela pandemia e que devem se beneficiar com a reabertura. Por outro lado, a alta dos juros diminui a atratividade dos ativos de risco em relação à renda fixa.

O real também se valorizou frente ao dólar, diante do aumento de juros feito pelo Banco Central numa sinalização de que não será tolerante com a inflação. Entendemos que é esperada a trajetória de queda do dólar nos próximos meses em conjunto com a subida da taxa de juros. Segundo relatório Focus do Banco Central de 04 de junho, espera-se uma Selic de 5,75% no fim de 2021. Diversas casas de análise já estão considerando um dólar inferior a R$ 5,00 no fim do ano.

No cenário político, continuamos aguardando os desdobramentos do CPI da COVID-19 e também as movimentações em torno da eleição de 2022, com um possível cenário de disputa entre Lula e Bolsonaro.

Indicadores econômicos (31/05/2021)

  • Ibovespa: 126.215

  • SELIC: 3,75 % a.a.

  • Dólar: R$ 5,22

  • Euro: R$ 6,38


17 visualizações0 comentário

Posts recentes

Ver tudo